quarta-feira ,19 maio 2021
Home / Noticias / Procon-AM fecha mais quatro estabelecimentos em Manaus por descumprimento de Decreto
IMG_20210127_191233_349

Procon-AM fecha mais quatro estabelecimentos em Manaus por descumprimento de Decreto

Quatro estabelecimentos em Manaus foram fechados por fiscais do Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM) nesta terça-feira, (26/01), por não cumprirem o Decreto nº 43.303, de 23 de janeiro de 2021, que determina que apenas serviços essenciais devem funcionar com atendimento presencial ao público neste momento de alta de casos de Covid-19 no Estado. Na segunda-feira (25/01), o Órgão havia fechado outros cinco locais por descumprimento das medidas.

 

 

 

Os fiscais atenderam denúncias de consumidores e verificaram o funcionamento irregular de uma loja de tintas na avenida Mário Ypiranga, bairro Flores, uma concessionária de veículos na avenida Torquato Tapajós, além de uma empresa de serviços gerais na avenida João Valério, bairro Nossa Senhora das Graças e um estabelecimento voltado para a venda de pneus na avenida Djalma Batista.

 

 

 

Um comércio de alimentos, também situado na Djalma Batista, foi visitado pelos fiscais. A equipe do Procon-AM constatou que o local funcionava com serviços em drive-thru, algo vedado pelo decreto governamental. Os responsáveis pelo estabelecimento foram orientados de que o atendimento deve ser exclusivamente por delivery.

 

 

 

“O decreto prevê advertência, multa diária de R$ 50 mil, podendo duplicar a depender da reincidência e interdição. As advertências estão sendo feitas, a conduta reiterada será punida conforme o Decreto prevê. Nosso papel é garantir as medidas pedagógicas em caso de descumprimento. Em caso de dúvida, denúncia ou reclamação, o consumidor pode entrar em contato com o Procon-AM pelos canais oficiais do Instituto”, afirma o diretor-presidente do órgão, Jalil Fraxe.

 

 

 

Atendimentos suspensos – O Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM) informa que os atendimentos na sede do órgão, na avenida André Araújo, 1.500, Aleixo, estão suspensos até o dia 31 de janeiro. A medida foi tomada em cumprimento ao Decreto nº 43.271, de 6 de janeiro de 2021.

 

 

 

Nesse período, os servidores do Procon-AM, que estão em regime de teletrabalho, realizam atendimentos somente pelo site http://www.procon.am.gov.br e pelos e-mails institucionais fiscalizacaoprocon@procon.am.gov.br (denúncias) e duvidasprocon@procon.am.gov.br (reclamações e dúvidas).

 

 

 

Os consumidores também podem entrar em contato por meio do telefone 3215-4015, em funcionamento das 8h às 17h.

 

 

 

As reclamações registradas por e-mail devem ser acompanhadas de cópias dos documentos pessoais do consumidor, de comprovante de residência e de todo e qualquer documento que esteja relacionado à reclamação, como prints, cupom fiscal, fatura contestada, contrato celebrado entre as partes e afins.

 

 

 

FOTOS: João Pedro Sales/Procon-AM

 

Mais informações para imprensa: Assessoria de Comunicação do Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM): Camila Henriques (98200-3118)

Você pode Gostar de:

IMG_20210207_174452_197

Wilson Lima destaca que novo lote da vacina da CoronaVac vai imunizar todos os profissionais da saúde e idosos acima de 70 anos no estado

Foram destinadas ao estado 96,2 mil doses do imunizante CoronaVac, produzido pela Sinovac em parceria …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *