segunda-feira ,26 outubro 2020
Home / Entretenimento / Panorama educacional pós-pandemia é tema de roda de conversa da Secretaria de Educação
IMG_20200416_100004_144

Panorama educacional pós-pandemia é tema de roda de conversa da Secretaria de Educação

Edição dos ‘Diálogos Formativos’ contou com participação do professordoutor do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, António Nóvoa
A segunda edição da roda conversa “Diálogos Formativos”, que integra a grade do projeto “Aula em Casa”, discutiu os desafios da escola e do professor no cenário de mudanças no século 21.
 
O professordoutor em Ciências da Educação António Nóvoa, reitor honorário do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, e a professora Wilmara Monteiro, diretora do Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam), foram os convidados a debater o tema e responder questionamentos de professores da rede de ensino público do Amazonas.
 
A atividade foi ao ar ao vivo pela TV Encontro das Águas e pôde ser acompanhada, também, pela Internet, por meio do YouTube, e pelo aplicativo Mano.
Durante o bate-papo, Nóvoa analisou que as mudanças na maneira de ensinar já se mostravam necessárias há muito tempo. O modelo de partilhar experiência, pensar no coletivo e buscar um modelo diferente, que integra a tecnologia, no entanto, foi acelerado pela pandemia da Covid-19, que levou à suspensão de aulas presenciais em quase todo o mundo.
“Os professores têm que estar abertos às mudanças e ser capazes de incorporar muitas coisas que estamos vivendo agora para depois incorporar na escola. Esse modelo de ensino somente físico da escola é fundamental, mas também é importante usar espaços comunitários virtuais. O professor vai precisar estar muito atento aos processos da aprendizagem, acompanhar o trajeto”, destaca o convidado.
O Amazonas foi o primeiro estado brasileiro a iniciar as aulas por regime especial não presencial, com o projeto “Aula em Casa”. O modelo vai de encontro ao que o doutor em Ciências da Educação sugere para o cenário pós-pandemia.
Wilmara Monteiro, diretora do Cemeam, onde os conteúdos do “Aula em Casa” são gravados e transmitidos, ressaltou a importância da tecnologia para o aprendizado. “Trazer essas mudanças para os ambientes mais variados possíveis é necessário, porque é assim que a gente vai avançar para um novo momento. As tecnologias estão mostrando que é possível estarmos juntos, mesmo com a distância”,  pontua.
Dúvidas – Ao longo da exibição dos “Diálogos Formativos”, alunos e professores do Amazonas, Rondônia, Espírito Santo e São Paulo puderam interagir e enviar perguntas aos convidados. Os encontros da roda de conversa são transmitidos, todas as quartas-feiras, das 12h às 13h.
FOTOSEDUARDO CAVALCANTE
CONTATO: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc): Lívia Anselmo (99434-1005).

Você pode Gostar de:

Screenshot_20200920-095435

Ponta Negra é interditada e linhas de ônibus não terão frota reforçada aos fins de semana

Estão interditados os 4.800 metros quadrados da praia perene do complexo turístico Ponta Negra, na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *