terça-feira ,21 maio 2024
Home / Entretenimento / Setembro Amarelo: é preciso quebrar tabus para salvar vidas
WhatsApp Image 2023-09-29 at 10.06.37

Setembro Amarelo: é preciso quebrar tabus para salvar vidas

O mês da campanha Setembro Amarelo, de prevenção ao suicídio, está chegando ao final, mas não a necessidade de debater o tema e principalmente, de buscar informações e assistência especializada para casos pessoais ou familiares.

Apesar da falta de informações oficiais e da subnotificação, inclusive em Manaus e no Amazonas, estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que em todo o mundo, a cada 20 segundos uma pessoa tenta tirar a própria vida e a cada 40 segundos, uma destas tentativas é totalmente concluída.

De acordo com o professor e psiquiatra do Hospital Nilton Lins (HNL), Fernando Spolidoro, ao contrário do que muitos pensam, é necessário acabar com o tabu que paira sobre grande parte da sociedade e tratar o assunto abertamente, inclusive com o próprio paciente.

“Muita gente evita falar porque acha que pode incentivar. Mas as estatísticas dizem o oposto. Quanto mais a pessoa fala de seus incômodos, frustrações e desabafa, maiores são as chances de ‘tirar esse peso’, procurar atendimento especializado e de salvar uma vida porque a vontade ficará inibida”, destacou Spolidoro.

O especialista ressalta ainda, que o número de atendimentos destes pacientes tem crescido no HNL e que a família, amigos e pessoas próximas devem estar atentas aos sinais e prestar toda a assistência necessária.

“Os próprios familiares e amigos devem evitar o preconceito e abordar o problema de forma séria e eficaz, sem guardar culpa ou rancores e em momentos de crise, chamar imediatamente o Samu (193) e quando for possível, levar imediatamente o paciente a um especialista”, acrescentou.

Atendimento
Semanalmente, o setor psiquiátrico do HNL realiza cerca de 120 atendimentos, em média, na sua sede no bairro Parque das Laranjeiras. Spolidoro explica que o hospital tem a proposta inovadora e única no Amazonas de oferecer suporte e acompanhamento permanente aos pacientes psiquiátricos 24 horas por dia, inclusive com atendimento domiciliar quando necessário.

“Disponibilizamos nossos telefones pessoais para emergências e orientamos na realização de exames, internações e adquirir medicamentos”, afirmou o especialista que mantém um perfil no Instagram para facilitar o contato com os pacientes (@psico.duvidas).

Os agendamentos de consultas no Hospital Nilton Lins são realizados diariamente pelo número de WhatsApp (92) 3643-2133. Além dos atendimentos particulares, o HNL possui convênio com os planos You Saúde, Fundo de Saúde do Exército (Fusex), Ordem dos Advogados do Brasil e Tribunal de Justiça do Amazonas.

Você pode Gostar de:

WhatsApp Image 2024-05-09 at 16.40.37

Restaurantes de Manaus se preparam para celebrar o Dia das Mães com experiências únicas

Grupo Dedé oferece surpresa em todas as suas unidades, para as mamães presentes Com a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *