quinta-feira ,24 junho 2021
Home / Noticias / A Secretaria Municipal de Assistência Social de Rio Preto da Eva trabalha para combater os efeitos da pandemia e do isolamento.
IMG_20210301_194608_742

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Rio Preto da Eva trabalha para combater os efeitos da pandemia e do isolamento.

A equipe da Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Rio Preto da Eva tem buscado meios de atender as demandas que surgem com a situação em que estamos vivendo. Famílias em situação de vulnerabilidade social tem recebido apoio da SEMAS e permissionários que estão parados também receberam apoio com cestas básicas para amenizar o impacto financeiro dos efeitos da pandemia. Em janeiro e fevereiro, no pico da pandemia, foram distribuídas mais de duas mil cestas básicas. Muitas adquiridas com recursos próprios do município e outras recebidas através de doações de empresas e empresários. A Secretária Municipal de Assistência Social e primeira-dama Soraya Almeida de Sousa ressalta que os desafios das conseqüências do isolamento social é um problema que deve ser enfrentado pela gestão municipal com medidas que amenizem o sofrimento de muitas famílias. A primeira-dama e sua equipe ainda afirmam que não mediram esforços para manter os grupos da Rpe Semas sempre bem assistidos, assim como toda a população vulnerável de nosso município. “Entendemos que não é fácil, são vários caminhos a serem percorridos. É o bem comum que nos move a continuar lutando por melhorias e qualidade de vida. Esse é um desejo nosso e do Prefeito Anderson Sousa”, destacou a secretária municipal de Assistência Social, Soraya Almeida. A secretária tem atendido todas as pessoas que a procuram na secretaria e conta com o apoio da secretária executiva Néia Souza e todos os funcionários para diminuir as desigualdades sociais.

Fonte Prefeitura de Rio Preto da Eva

Você pode Gostar de:

51207621879_f0bdb597d4_c

Prefeitura de Manaus começa a vacinar gestantes e puérperas sem comorbidades

As gestantes e puérperas que não têm comorbidades começaram a ser vacinadas contra a Covid-19, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *