segunda-feira ,15 abril 2024
Home / Noticias / Primeiros passos para desenvolver sua inteligência emocional
Portrait of Asian mature businessman serious looking away concerned thinking about future in business office in businesswear
Portrait of Asian mature businessman serious looking away concerned thinking about future in business office in businesswear

Primeiros passos para desenvolver sua inteligência emocional

Como desenvolver inteligência emocional: conheça o passo a passo para alcançá-la profissional e pessoalmente

O autocontrole e a habilidade de lidar eficazmente com situações desafiadoras, são fundamentais no âmbito profissional e pessoal. Neste artigo, ressaltamos a necessidade de desenvolver resiliência emocional, mas vamos além: mostramos, também, como desenvolvê-las em cada uma destas áreas

 

Já pensou em conseguir enfrentar desafios calmamente, sempre pensando positivamente, pois sabe que conseguirá vencê-los? Se no seu caso, ainda os encara somente como obstáculos, nos acompanhe, e transforme seu pessoal e profissional por meio da inteligência emocional.

Como desenvolver inteligência emocional?

A compreensão e a gestão das emoções impactam positivamente a área pessoal e profissional do indivíduo, até porque, direta ou indiretamente, uma está atrelada a outra.

 

Já passou por uma situação na qual teve um problema em casa, e não conseguiu render no trabalho? Ou então, já teve muitos problemas no trabalho, e quando chegou em casa, mal conseguiu interagir com a família?

 

As situações acima são apenas dois exemplos bastante comuns de como a inteligência emocional influencia ambas áreas da vida, e por isso, vale investir em alcançá-la. A seguir, saiba como!

No contexto pessoal:

Autoconhecimento

Tire um tempo para refletir sobre suas próprias emoções, identifique padrões e gatilhos emocionais.

Às vezes, fazemos tudo tão automaticamente, que sequer paramos para pensar em nossas ações, do que realmente gostamos, o que queremos, como nos sentimos, etc. Para conhecer-se melhor, pense nas seguintes questões:

  • no momento, quais são os meus sonhos?;

  • quais objetivos pretendo alcançar em curto, médio e longo prazo?;

  • o que me faz sentir bem?;

  • o que me faz sentir mal?;

  • como me comporto diante de situações difíceis?;

  • o que gosto de fazer quando posso fazer o que eu quiser?;

  • estou feliz na minha vida atual?;

  • o que mudaria no meu cotidiano?;

  • estou vivendo para mim ou pensando no que outros pensarão?;

Estas são apenas algumas questões, mas que te ajudam a refletir sobre si, algo que não costumamos parar para pensar, fazendo com que nos coloquemos em segundo plano. Por outro lado, uma pessoa emocionalmente inteligente se conhece bem e se coloca como prioridade.

Autorregulação

Todo ser humano necessita desenvolver habilidades de autorregulação. Quando criança, não temos essa aptidão desenvolvida, e com isso, acontece as famosas “birras.” Depois de adultos, podemos não nos jogar no chão do mercado, mas temos acessos de raiva, estresse, reclusão, de demais problemas sociais e emocionais.

Desse modo, aprender a controlar suas emoções e evitar reações impulsivas é fundamental. Praticar técnicas de respiração profunda, meditação ou exercícios físicos, música relaxante e objetos anti-estresse (procure sobre eles, pois vale a pena!) auxiliam neste quesito. Escolha qual mais se adapta a sua realidade!

Empatia

Tente ver as situações sob a perspectiva dos outros. Pratique a escuta ativa e tente entender as emoções e necessidades das pessoas ao seu redor. Sim, mesmo o olhar para si seja fundamental no que diz respeito à inteligência emocional, olhar para o outro é igualmente importante.

Praticar a empatia significa fortalecer os relacionamentos interpessoais, melhorar a comunicação, desenvolver habilidades de resolução de conflitos e crescer pessoalmente, e por isso, reverberam em suas questões pessoais.

Habilidades sociais

Bem como citamos anteriormente: desenvolva suas habilidades de comunicação e resolução de conflitos. Pratique assertividade, seja claro e direto na expressão de seus sentimentos e necessidades, mas, é claro, sem ser agressivo.

Sem inteligência emocional, no primeiro problema, tendemos a ser agressivos, impulsivos e mal compreendidos, e acabamos não resolvendo nada. Por outro lado, ao desenvolvê-la, diante de um conflito, saberemos ouvir, compreender, e comunicarmo-nos efetivamente.

Automotivação

Defina metas pessoais realistas e trabalhe consistentemente para alcançá-las. Mantenha uma atitude positiva diante dos desafios e aprenda com os fracassos.

As duas frases podem até soar clichê, mas são clichês por um bom motivo: não podem ser mais verdadeiras e eficazes! Isso porque, vivemos de pequenas recompensas, não é mesmo?

“Vou dar um gás nesse trabalho para poder passear mais tarde”, “vou juntar dinheiro na poupança para comprar um carro”, “vou esperar pela sexta-feira para ir ao cinema à noite”, etc.

Focar nas nossas motivações e metas e fazer o possível para alcançá-las nos faz bem, então, não se esqueça disso. Pense neles, mas também aproveite o caminho até lá!

No contexto profissional:

Autoconhecimento

Identifique suas habilidades, pontos fortes e áreas de desenvolvimento no ambiente de trabalho. Esteja ciente de como suas emoções impactam suas ações e decisões profissionais.

Aqueles mesmos questionamentos que citamos no autoconhecimento pessoal, adapte para o profissional, como por exemplo:

  • estou feliz no meu trabalho?;

  • o que mudaria no meu emprego?;

  • quais são minhas metas profissionais?;

  • estou desempenhando minha função de maneira satisfatória?;

  • tenho vontade de seguir por outros caminhos?

Autorregulação

Mantenha a calma e a compostura em situações de pressão no trabalho. Aprenda a lidar com críticas e feedbacks de forma construtiva. Não há um trabalho no mundo que nunca cause momentos de estresse e situações difíceis, então, não se pode fugir disso.

A autorregulação no ambiente profissional exige calma, paciência, e poderes de comunicação assertivos. Deixar que comentários e desafios te afetem facilmente é o mesmo que dar murro em ponta de faca.

Nestes contextos, vale encarar os feedbacks como aprendizados, os quais podem melhorar o desempenho de suas atividades.

Empatia

Seja sensível às emoções e necessidades dos colegas de trabalho e clientes. Isso ajudará a construir relacionamentos profissionais mais fortes e a resolver conflitos de maneira eficaz.

Para ser escutado e compreendido, primeiramente, devemos escutar e compreender. A comunicação é uma troca! Colocar-se no lugar do outro fará com que o outro se coloque em seu lugar, quando precisar. E acredite: precisará!

Automotivação

Esteja motivado a alcançar seus objetivos profissionais. Mantenha-se comprometido com o aprendizado contínuo e o aprimoramento de suas habilidades.

Trabalho sem motivação, é como uma jornada sem destino, sem direção e sem propósito. Como consequência, igualmente não há sucesso, e muito menos aquele brilho no olho, importante quando fazemos algo que nos traz felicidade e satisfação.

Para se automotivar, você deve se autoconhecer, portanto, é importante que tenha as questões de autoconhecimento profissional (as que citamos em tópicos anteriores) bem claras.

Habilidades sociais

Desenvolva suas habilidades de liderança, negociação e trabalho em equipe. Saiba como se comunicar de forma clara e eficaz no ambiente de trabalho.

Neste quesito, desenvolver habilidades sociais pode se estender ao desenvolvimento de aptidões profissionais, como a gestão de projetos, por exemplo, a qual lhe trará as habilidades citadas acima, como a liderança e trabalho em equipe.

A inteligência emocional é uma competência, não um dom. Assim sendo, demandam tentativas, erros, acertos, e aprimoramentos, mas que no fim, valem a pena!

 

Você pode Gostar de:

WhatsApp Image 2024-03-22 at 15.28.58(1)

Antes de abrir turnê ‘A Festa’ em Manaus, Ivete Sangalo se apresenta no BBB

Cantora baiana é a atração da casa mais vigiada do Brasil nesta sexta-feira (22/3) Muitos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *